Goiás busca valorização com volta ao Brasileiro da serie A

O Goiás que assumiu a liderança da Série B está praticamente assegurado na primeira divisão nacional do próximo ano. O clube ainda se mantém conservador quanto ao acesso, porém garante que caso esteja na Série A de 2013, irá buscar uma maior valorização quanto aos seus contratos de patrocínio.

“Tem de buscar uma valorização sim, pois sabemos que a exposição de uma Série A é muito maior. Mas ainda não conseguimos matematicamente o acesso e precisamos respeitar os nossos adversários”, disse Paulo Augusto Siqueira, diretor de marketing do Goiás.

Atualmente, o time goiano não conta com um patrocinador máster, e estampa o logo do Hospital do Coração Anis Rassi na propriedade mais nobre da camisa, além de estampar a marca da FR Incorporadora nos ombros do uniforme.
No entanto, com o acesso à Série A, o Goiás espera conseguir fechar com um patrocinador principal, passando o logo do hospital para a barra frontal da camisa. As outras cotas disponibilizadas pelo clube são a das mangas e da barra traseira do uniforme.

O contrato com a instituição hospitalar vai até o fim deste ano, porém as tratativas para uma possível renovação para 2013 estão adiantadas. Já o acordo com a FR vai até a metade do próximo ano.

Em meio às negociações já iniciadas para 2013, o marketing da equipe esmeraldina atualmente passa por uma reestruturação. No último dia 17, o gerente do departamento, Marcos Goulart, deixou o clube após dez anos no cargo. Goulart já vinha cumprindo aviso prévio.

De acordo com Siqueira, na próxima sexta-feira haverá uma reunião da equipe de marketing com o presidente do Goiás, João Bosco Luz, onde algumas situações sobre a reestruturação do setor serão definidas.  A diretoria da equipe alviverde estuda a contratação de três pessoas para suprir a saída do ex-gerente e alimentar o departamento.

 

 

 

 

http://www.maquinadoesporte.com.br/

 

 

 

Recent Comments

  1. “A diretoria da equipe alviverde estuda a contratação de três pessoas para suprir a saída do ex-gerente e alimentar o departamento.”
    Contratar três para substituir uma pessoa? Tomara que a soma do salário dos três seja igual ou menor do que o de Marcos Goulart!
    Do contrário, será uma trapalhada!!!

Add Comments